quarta-feira, 30 de setembro de 2015

"Em mim reside o afeto desmedido, o amor inabalável, 
o sentimento incalculável; o ilógico produtivo".

((Erica Gaião))

Nenhum comentário: