quarta-feira, 15 de abril de 2015


"Não carrego a pretensão de julgar os sentimentos alheios. 

O que outro sente costuma ser inexplicável pra ele também".


((Pe. Fábio de Melo))








Nenhum comentário: