terça-feira, 18 de fevereiro de 2014

As mulheres experimentam na carne o destino
de serem como Deus em pequenas medidas.
Geram o mundo, embalam os destinos, 
entrelaçam num mesmo tecido as cores 
da fragilidade e da força. 

Elas são de Aço!
Elas são de Flores! 

((Pe. Fábio de Melo))

Um comentário:

guiomar disse...

É por isso que elas são chamadas mulheres de aço e de flores, as vezes elas estão ragilizadas, e asw v ezes elas são como aço mesmo, é a hora de ter que enfrentar alguma coisa pesada, que acham que elas não vão dar conta de enfrentar sozinha uma batalha. os homens só esquecem de uma coisa. Quando uma mulher entra em uma guerra ela só quer sair vitoriosa, e sai sim.