quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Pela manhã...



Pela manhã, ao abrir a janela do quarto, entra o sol em disparada quando há sol. E o dia promete quando o sol ilumina cada pedaço do aposento. A alegria alivia a alma quando entra pelas portas do coração. Doçura da manhã que chega prometendo que tudo vai dar certo, e a natureza conspira a boa sorte. Que seja para o alívio de todas as dores, que seja para afastar as tristezas, que seja para eliminar todas as mágoas, que seja para carregar o dia da mais perfeita alegria. Que a vida venha naquele dia com tudo o que deverá vir, na mais perfeita ordem e entendimento. Se azedo, que eu saiba lidar com o incomodo, se doce, que eu não me deixe enodoar de tanto mel. ((Marta Peres))

Um comentário:

guiomar disse...

quando acordo pela manhã e vejo que o sol está com o seu brilho resplandecente me chamando atenção pelo seu brilho entando pela janela, parecendo me chamar para levantar só para ver como o sol está lindo, clareando tudo, ningiém mais tem a coragem de ficar na cama só para ver como está lindo o raiar do sol, e isso é munto gostoso, acordar sentrindo o brilho do sol.