segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Padre Fábio de Melo regrava sucesso de Ludmila Ferber


O padre Fábio de Mello está lançando seu mais novo CD “Estou Aqui” que traz a regravação da música Nunca Para de Lutar da cantora e pastora evangélica Ludmila Ferber.
Ao ser questionado por um jornalista da revista Época sobre a escolha de uma canção gospel em seu CD o padre cantor comentou que sabe que vai desagradar tanto evangélicos como católicos, mas que acredita que as religiões devem se unir.
“Incomoda-me o fato de algumas pessoas se sentirem melhores que as outras por conta de sua fé. Acredito em uma religião que aproxime e não que separe as pessoas”, disse.
Nessa entrevista o padre também deixou claro que tem um bom relacionamento com a cantora.
A música regravada foi um dos maiores sucessos de Ludmila Ferber, a letra de motivação encoraja as pessoas a não desistirem da luta e a confiarem na vitória. A canção faz parte do CD homônimo lançado em 2005.
Outros padres já conseguiram a autorização para regravar canções evangélicas, uma dessas que tem feito muito sucesso entre o público católico é “Eu Te Amo Tanto” sucesso na voz do irmão Lázaro que faz parte do repertório do padre Marcelo Rossi.
Fonte: gospelprime.com

2 comentários:

guiomar disse...

Pe. Fábio de Melo lançará seu mais novo CD em 2013 sendo que nesse CD estará regravado um dos maiores sucesso da pastora e cantora Ludimila Ferber. são ótimos amigos ou melhor dizendo o Pe. Fásbio n]ão faz distinção de religião. Para ele as religiões deveriam se unir. Para mim é o que mais destaca no Pe.Fábio, é essa maneira de encarar as religiões. Eu não sei o porque mas eu sou assim, não me faz diferença, é tanto que tenho os CDS e OS DVDS, escuto todos eles. Deus deixou só oma religião, de pois é que foi se separando e dando nome em cada uma. Eu já falei e deixei bem claro sou uma evangélica mas não descarto de nenhum CD e DVD dele, mesmo porque não há diferença, Acora para mim a única diferença é que eu nunca gostei de escultura semelhante a de Deus e de Maria e outras, mesmo porque Deus deixou bem claro que não fizesse nenhuma escultura para adorar no nome DELE. Mas toda minha vida eu nunca usei escultura na minha casa, porque eu só adoro ao meu Deus, e uma escultura não é Deus e nenhum Santo.

fatima disse...

Fatima sarandi fafacamila@hotmail.com um abraço