quinta-feira, 16 de agosto de 2012



Senhor!

Nada há que eu não possua
vestido de tua retidão!
Nos teus exemplos de perdão
minha alma vibra vida sua!

És vivo dentro de mim
como sangue que circula quente,
sou seu trabalhador na senda sem fim
e tento ser melhor assim, simplesmente...

Munido da fé que orienta
meus caminhos são de Paz
que levo e me sustenta
a vida nesse trabalho me satisfaz.

Guarda-me Senhor, nas alturas,
quando minha alma cria asas a voar.
Eleva minhas forças para esse trabalho
de caridade pura, para que eu possa

Merecer o seu olhar!

Mando Mago Poeta 
21:31 15/08/2012

Nenhum comentário: