segunda-feira, 20 de agosto de 2012



Já pedi de volta o que perdi
Já perdi o que tanto pedi
Mas o que ficou, era meu por divino direito
E o que é meu de verdade, ninguém tira! 


((Sílvia Mello))

Nenhum comentário: