domingo, 24 de abril de 2011

PÁSCOA: Celebração da vida que nasce do amor .

A Páscoa é a celebração da presença salvadora de um Deus vivo e vivente em Jesus Cristo. Para nós cristãos, é a ''passagem'' do Deus Amor que liberta e salva. É uma passagem plena de vida que renova as nossas vidas. A renovação se faz pela ação restauradora do amor.
Foi por amor que Deus criou o universo.
Foi por amor que Deus criou o homem à sua imagem semelhança.
Foi por amor que Deus se fez homem na Encarnação do Verbo de Deus.
Foi por amor que Jesus Cristo, o Filho de Deus humano, morreu na Cruz para a nossa salvação. Foi o amor de Deus que ressuscitou Jesus Cristo e venceu a morte. Assim, a Páscoa cristã é a celebração da festa da vida e da vitória do Amor. É nessa atitude de entrega e doação que a vida vence a morte, que a luz afasta as trevas, que a graça expulsa o pecado, que a paz e a justiça superam os egoísmos e as divisões e faz comunhão.
Em verdade, é o amor que gera a vida e a faz crescer e amadurecer. Somos todos, por Cristo e no Espírito Santo, chamados a crescer até a idade plena do próprio Jesus Cristo. “Sede perfeitos” nos diz o Senhor Jesus.
Vencer barreiras, vencer distâncias, superar dificuldades, vencer o mal e suas seduções, vencer os egoísmos não sadios e o individualismo; enfim, vencer todas as idolatrias: eis o caminho necessário para a nossa libertação definitiva. Eis o calvário que é necessário subir. Eis a cruz que é necessário carregar para sermos livres e vencedores. Se formos capazes de morrer com Ele, com Ele também ressuscitaremos. Assim como Jesus Cristo, assim também nós. É esse o caminho da ressurreição: dar, oferecer com generosidade e liberalidade a própria vida pelos irmãos e irmãs. Essa é a Páscoa do Senhor em nós. Essa é a vida que vence a morte em suas causas. Essa é a vitória que enaltece. Essa é a nossa alegria: viver em plenitude, afastando de nós tudo aquilo que leva à morte.
A Páscoa é a festa da vida, da vitória da vida e do amor. Vida do Cristo Ressuscitado e de todos os cristãos. Vivamos, pois, como ressuscitados em Cristo.
Aquele que disse: “Eu sou a ressurreição e a vida” esteja com vocês.
Feliz Páscoa!

Pe. Ignácio Pilz

Um comentário:

Jeveaux disse...

Cantar a Páscoa do Senhor
Ao contrário da sobriedade quaresmal, o tempo pascal é de exultação e de alegria. Ressuscitados com Cristo, cantamos sua glória, sua vitória sobre a morte. O “aleluia” volta a ressoar em nossos lábios, invadindo todo o nosso ser com ardor sempre crescente, pois “as coisas antigas já se passaram, somos nascidos de novo!”.